Por Fernando B. T. Leite

A escolha de um condicionador de ar para a sua casa é uma grande decisão. Hoje, este é um investimento importante, que representará um papel chave nas despesas com energia elétrica nos próximos anos. Quando o calor do verão estiver na sua pior fase, você desejará que a sua família tenha o melhor e mais confortável sistema de refrigeração. A seguir, estão alguns pontos a serem levados em consideração.

O que as boas unidades de condicionador de ar central têm em comum?

As melhores são eficientes e operam com um mínimo de energia elétrica, o que ajuda a manter as suas contas de energia elétrica relativamente baixas. Elas oferecem um desempenho uniforme e confiável no correr dos anos, se forem adequadamente mantidas. Os bons sistemas são silenciosos, duram bastante e necessitam de pouca manutenção.

Como eu posso ter certeza de que a minha unidade é do tamanho correto?


Obviamente, um condicionador de ar muito pequeno não manterá a sua casa suficientemente resfriada. Mas, o que muitas pessoas não percebem é que um sistema superdimensionado (que liga e desliga automaticamente) desperdiça energia cara e possivelmente força indevidamente o compressor.

Um bom técnico pode determinar o tamanho ótimo para a sua casa, fazendo um estudo cuidadoso das suas necessidades de resfriamento. O tamanho e a exposição das janelas, o espaço dos pisos, o isolamento e o clima do local onde você mora, os aparelhos domésticos que geram calor, a direção das faces das paredes externas e a parte externa da casa coberta pela sombra das árvores.


Ele especificará a capacidade de resfriamento do sistema em BTU/h (unidades térmicas britânicas de calor removidas por hora) ou em tonelada de refrigeração (uma tonelada de refrigeração é aproximadamente igual a 12.000 BTU/h).

Quais condicionadores de ar economizam energia?

Hoje em dia, os fabricantes de condicionadores de ar, assim como os fabricantes de automóveis, são obrigados por lei a avaliar e a classificar os seus equipamentos, de acordo com o gasto de energia. Esta classificação chama-se ENCE (Etiqueta Nacional de Conservação de Energia). Quanto mais alta for a classificação, mais eficiente é o equipamento.
A maioria das novas casas que têm ar condicionado central está equipada com um modelo padrão dos construtores. Todavia, quando é necessário substituí-lo, os proprietários podem melhorar o seu sistema especificando um que tenha maior eficiência energética.

Os modelos com maior ENCE são geralmente mais caros, mas eles podem facilmente compensar a diferença de preço através da redução das contas de energia elétrica no longo prazo.

Alguns condicionadores de ar são mais bem construídos do que outros?

O compressor é o coração da unidade de condensação. Num dia quente, ele trabalha duro e por muito tempo. A Rheem instala os compressores espirais mais avançados em cada unidade Rheem de condensação. Os compressores espirais são reconhecidamente os líderes da indústria em confiabilidade, eficiência e em operação silenciosa.

Outra característica interessante são os gabinetes com persiana de aço, que protegem as espirais contra possíveis danos e de consertos caros.
Por outro lado, em algumas unidades de condensação, o ventilador pode ser uma fonte de barulho. A Rheem tem unidades com uma grade desenhada para minimizar a restrição de ar e, consequentemente, ter uma operação mais silenciosa.

Fonte: Rheem