Por Fernando B. T. Leite

O verão este ano promete ser abrasador e há apenas algumas formas de conviver com este fato. Se você tiver um orçamento apertado, um ventilador seria a sua única escolha, mas ele não pode ajudar a baixar a temperatura.

Os resfriadores de ar são melhores, mas eles aumentam o grau de umidade, o que faz os meses quentes do ano ficarem simplesmente insuportáveis. Uma das melhores opções é então instalar na sua casa um condicionador de ar.

Um condicionador de ar o levará através dos meses mais abafados de maneira mais confortável e, se você souber quais características do aparelho você quer, ele pode até caber no seu orçamento.

A primeira coisa a determinar antes de comprar um condicionador de ar é a capacidade de resfriamento necessária. Meça o cômodo no qual você quer instala-lo. Uma regra usada internacionalmente é que para cada pé quadrado (aproximadamente 0,093 m
2) você necessita de 20 BTU/h.

A capacidade de resfriamento de um condicionador de ar é a capacidade de extrair uma certa quantidade de calor por hora, que é medida em BTU/h. Quanto maior for a quantidade de BTU/h, mais poderoso será o condicionador de ar, o que significa que ele será capaz de resfriar uma maior área. A quantidade de BTU/h para um condicionador de ar doméstico geralmente varia de 5.000 a 24.000, sendo que 12.000 BTU equivalem a 1 ton.

Uma outra medida aproximada é que mais ou menos 9,3 m
2 de área necessitarão de 1 ton (12.000 BTU) de capacidade de resfriamento. Isto também dependerá de se o ambiente fica exposto ao sol ou na sombra, quantas pessoas ficam geralmente no cômodo, quantos outros aparelhos domésticos são usados, etc.

É importante instalar um condicionador de ar de capacidade adequada. Um aparelho de pequena capacidade será insuficiente para as necessidades, enquanto que um de maior capacidade ficará frequentemente ligando e desligando. Se isto acontecer, não haverá tempo para o aparelho retirar o excesso de umidade do ar.


Para ajudá-lo no cálculo da quantidade de BTU/h ideal para a sua necessidade utilize o nosso dimensionador virtual: Clique Aqui

Tire o maior proveito possível do seu condicionador de ar:

1. Verifique as estrelas: Todos os condicionadores de ar vêm com uma classificação, chamada de EER (em inglês, Energy Efficiency Rating), que é uma classificação do consumo de energia do aparelho. Um aparelho com mais estrelas consome menos energia elétrica, mas é mais caro.

2. Ligue o ventilador: Usar um ventilador de teto ajudará o ar a circular melhor. Um ventilador consome menos energia elétrica do que um condicionador de ar.

3. Limpe o filtro: Limpar o filtro regularmente pode diminuir o consumo de energia elétrica em até 10%. Tire a grade e retire o filtro de espuma. Lave-o com água morna e sabão, enxague-o e seque-o bem. Se você não puder fazer isto, agende conosco a manutenção para fazermos uma revisão no seu aparelho pelo menos duas vezes por ano.

4. Cubra-o: O condicionador de ar exposto ao sol pode perder até 5% da sua eficiência. Além disso, evite deixar o condicionador de ar perto de outros aparelhos elétricos como lâmpadas e televisão. Esses aparelhos geram calor, que é sentido pelo termostato e isto faz o aparelho funcionar durante mais tempo que o necessário.

5. Mantenha o termostato regulado adequadamente: Para cada grau abaixo de 22°C, o condicionador de ar gastará mais (entre 3 e 5%) energia elétrica. Quanto menor for a diferença entre a temperatura interna e externa, menor será o consumo de eletricidade.

Quando você for comprar, a primeira pergunta que será feita pelo vendedor é se você quer um modelo de janela ou um “split” (modelo dividido em duas partes principais; uma fica dentro da casa e a outra fica do lado de fora). Enquanto que os modelos de janela são mais baratos e mais fáceis de instalar, os modelos split são mais silenciosos e esteticamente melhores, além de ter melhor distribuição de ar.

Uma vez instalado, o aparelho split necessita de ar fresco para trabalhar com eficiência e, portanto, a unidade externa não pode ser bloqueada. Além disso, a umidade do ambiente, coletada como água, necessita ser levada para fora, geralmente através de um pequeno cano.

Há outros pontos a levar em consideração antes de escolher o seu

condicionador de ar. Ele deve ter um termostato ajustável, com pelo menos duas velocidades de resfriamento e um mínimo de duas velocidades do ventilador, pois você pode querer variar a temperatura e a velocidade em diferentes momentos de um dia.

Hoje em dia, há vários tipos de filtros disponíveis num condicionador de ar. Há filtros eletrostáticos, que limpam o ar de pó e de partículas, o que é bom para pessoas com alergias. Um filtro ionizador limpa o ar de poeira e de germes (bactérias e fungos).


A maioria dos condicionadores de ar tem um desumidificador, o que torna o ambiente mais confortável. Lembre-se também de verificar o nível de ruído do modelo, que geralmente varia entre 30 e 60 decibéis.

E caso precise de mais informações, estamos à sua disposição:

Loja Virtual: http://www.strar.com.br/

Televendas: 0800 725 3636